Pequenas Histórias Parvas sobre Maternidade e Paternidade

Pequenas Histórias Parvas sobre Maternidade e Paternidade – História 7 – Histórias que persistem – Nome Amorim

“Anabela que nome giro e único. Conseguiste registar? Não é sobrenome? Porque é que lhe deste esse nome?”

É nome próprio. Sempre foi. Está na 1ª lista de nomes aprovados como nomes próprios pelo Instituto dos Registos e Notariado. E foi muito tranquilo registar por isso.

Só há 1 Amorim registado em 2020. Nenhum em 2021.

É lindo o nome. É latim. Significa: o lugar do amor.

(Afinal, os 2 anos de Latim no Liceu serviram de facto para alguma coisa! Confiem nos programas pedagógicos crianças/jovens!)

Anabela dos Reis Moreira

Viajou por muitos países, conheceu muitas pessoas e muitos lugares. Aprendeu com todas as pessoas que observou e com quem conversou. Trabalhou em Portugal, na Bélgica, nos EUA e em Angola. Hoje desenvolve o seu trabalho na área da gestão de pessoas (recursos humanos), formação, coaching e mentoring. E escrita, adora escrever. Assumiu diferentes funções e colaborou com empresas em diferentes estados de maturação, quer em ambiente nacional, quer internacional. Desempenhou funções relacionadas com: gestão do talento e tarefas inerentes; gestão de recursos humanos em sentido lato e formação e desenvolvimento. A nível académico, estudou direito na Universidade de Coimbra, mas foi em Psicologia e no Porto que encontrou a sua verdadeira vocação. É certificada em Coaching, PNL e estuda todos os dias mais um pouco, vê mais um pouco, ouve mais um pouco para poder ser mais cultivada. Faz programas de shaping leaders e reshaping leaders e gosta muito do que faz. Costuma dizer às crianças que forma enquanto voluntária em educação para os direitos humanos: “quando mais soubermos, quanto mais conhecemos e sentimos, menos somos enganados”. Enfrenta cada dia com uma enorme alegria que é simples de ver e sentir!

Posts Similares